Remédios para emagrecer: rápido e barato

Por terem sido estudados extensivamente, seu médico pode avisá-lo sobre possíveis efeitos colaterais e ajudá-lo a decidir qual medicamento é melhor para você.

remédios para emagrecer
Remédios para emagrecer: rápido e barato

Sabe-se que os remédios para emagrecer rápido são produzidos pelas grandes indústrias farmacêuticas e que causam uma série de efeitos colaterais desagradáveis e até perigosos, mas será que vale a pena? ou é melhor procurar outras maneiras de perder peso com a saúde é mais barato.

5 Medicamentos que Emagrecem

remédios para emagrecer
5 Remédios para emagrecer

Simplesmente não há melhor medicação do que outros para perder peso. O que funciona para você pode não funcionar para os outros, tudo depende do que você come em excesso e de qualquer condição médica subjacente.

1. Anfepramona

O mecanismo de ação da Anfepramona é através da inibição do apetite, o que leva a uma menor ingestão de calorias e perda de peso. Sua classificação é anoréxica, isto é, uma droga para perda de peso que suprime a fome. Age no sistema nervoso central, estimulando os neurônios a liberar ou reter altos níveis de catecolaminas, um grupo de neurotransmissores que pertencem à dopamina e norepinefrina.

2. Liraglutida

O medicamento Liraglutida é aprovado para o tratamento de doentes com diabetes tipo 2. Mas existem estudos clínicos que demonstram a sua eficácia na perda de peso e podem ser prescritos para outros fins, por exemplo, contra excesso de peso ou obesidade. Por retardar a passagem de alimentos pelo estômago, a sensação de saciedade se manifesta antes e dura mais, então você come menos. Se combinado com o exercício físico adequado, ajuda a perder peso mais rapidamente.

3. Orlistat

Usado em casos de sobrepeso e obesidade, as cápsulas do Orlistat geralmente contém 120 mg só estão disponíveis com receita médica e são prescritas exclusivamente em caso de obesidade (pessoas com um IMC acima de 28). A droga inibe a ação de enzimas que digerem a gordura no estômago e nos intestinos. Aproximadamente 30% da gordura dos alimentos não são processados e deixam os intestinos nas fezes.

4. Lorcaserina

O mecanismo de ação da Lorcaserina é na redução do apetite, agindo nos receptores de serotonina. Este neurotransmissor chamado serotonina reduz um pouco, um pouco o apetite. Teria algum efeito semelhante à serotonina, agindo de forma semelhante a ela.

5. Sibutramina

Outro medicamento anti-obesidade é a Sibutramina que age afetando os neurotransmissores noradrenalina e serotonina, no cérebro. Impede que esses dois neurotransmissores sejam reabsorvidos pelas células nervosas. Assim ajuda as pessoas a perder peso, aumentando a quantidade de noradrenalina e serotonina livre para atuar no cérebro. Isso melhora a sensação de satisfação que a comida produz e faz com que você se sinta satisfeito depois de ingerir menos comida.